A ANTIGA E CONSTANTE DOUTRINA DA IGREJA, 1984 | por Pe. BERNARD LUCIEN

In: L’Infaillibilité du magistère ordinaire et universel de l’Église[A Infalibilidade do Magistério Ordinário e Universal da Igreja](Nice: Éditions Association Saint-Herménégilde,Documents de Catholicité, 1984, vi+158p.),Apresentação (pp. 1-7), seguida de dois breves excertos:  Na encíclica Satis Cognitum, que trata da unidade da Igreja, Leão XIII fornece um ensinamento bastante detalhado sobre o “magistério eclesiástico”. Depois de ter exposto a... Continuar Lendo →

O CÂNON 2200, § 2, E A PERTINÁCIA, 2001 | por JOHN S. DALY

“Pertinacia sola facit hæreticum.Somente a pertinácia faz de alguém um herege.”(Sto. Tomás de Aquino,Quæstio VIII, De Vitiis Capitalibus, art. 1) Dobremos nossas ideias às autoridades,e não as autoridades às nossas ideias. Esboço da Controvérsia Para um católico cair em heresia, dois elementos são necessários: (I) dúvida ou negação de um dogma, e (II) pertinácia, isto é, consciência... Continuar Lendo →

ATOS, GESTOS, ATITUDES E OMISSÕES PODEM CARACTERIZAR O HEREGE, 1967 | por ARNALDO VIDIGAL XAVIER DA SILVEIRA

in: Catolicismo, n.º 204,de dezembro de 1967. Em sua Encíclica “Pascendi Dominici Gregis”, São Pio X dizia que os modernistas eram os mais perigosos inimigos da Igreja, porque se ocultavam no próprio seio dEla, nunca confessando claramente sua heresia (cf. p. 4). Seria pois sumamente censurável o fiel que julgasse que só devem ser combatidos os... Continuar Lendo →

A AUTORIDADE DOUTRINAL DAS ENCÍCLICAS PAPAIS – PARTE II, 1949 | por Mons. JOSEPH CLIFFORD FENTON

Por este julgamento sobre o status doutrinal presente da tese de que os bispos residenciais da Igreja Católica recebem seu poder de jurisdição imediatamente do Romano Pontífice em vez de imediatamente de Nosso Senhor, Monsenhor Ottaviani nos deu uma apreciação eminentemente prática e, portanto, excepcionalmente valiosa da autoridade inerente às encíclicas papais. O grande escritor romano nos... Continuar Lendo →

A AUTORIDADE DOUTRINAL DAS ENCÍCLICAS PAPAIS – PARTE I, 1949 | por Mons. JOSEPH CLIFFORD FENTON

Desde o ano de 1878, quando o Papa Leão XIII começou a governar como Vigário de Cristo na terra a Igreja militante, mais de cento e cinquenta cartas encíclicas foram emitidas pelos Soberanos Pontífices. Essas cartas encíclicas exerceram influência incalculavelmente forte no direcionamento do ensino católico e da vida católica. Publicados como foram em uma... Continuar Lendo →

PODE EM ALGUM CASO SER LEGÍTIMO SUSPENDER ASSENTIMENTO INTERIOR AO CONTEÚDO DOUTRINAL DE DECRETOS DAS CONGREGAÇÕES ROMANAS?, 1997-2002 | por JOHN S. DALY

É fato que alguns teólogos de grande autoridade reconhecem que, em casos excepcionais, um dado indivíduo nem sempre está obrigado ao assentimento interior a decretos não-infalíveis referentes a doutrina. Outros teólogos parecem não reconhecer isto; ao menos, não conseguimos encontrar menção alguma a isto no autorizadíssimo De Divina Traditione et Scriptura (Roma, 2.ª edição, 1875), do Cardeal Franzelin. E... Continuar Lendo →

INFALIBILIDADE E OBRIGAÇÃO, 1984 | por Pe. BERNARD LUCIEN

Anexo II de seu estudo:L’Infaillibilité du magistère ordinaire et universel de l’Église[A Infalibilidade do Magistério Ordinário e Universal da Igreja](Nice: Éditions Association Saint-Herménégilde,Documents de Catholicité, 1984, vi+158p.,pp. 129-146: _____________ ANEXO II: Infalibilidade e obrigação (p. 129) – Exposição geral (p. 131)– Uma dificuldade (p. 136)– O texto de Pio IX sobre o magistério ordinário (p. 139)– Um texto de Leão... Continuar Lendo →

A HUMANI GENERIS E O MAGISTÉRIO ORDINÁRIO DO SANTO PADRE, 1951 | por Mons. JOSEPH CLIFFORD FENTON

Há uma seção da encíclica Humani generis, do Santo Padre [o Papa Pio XII (N. do T.)], que suscitou especial quantidade de atenção em nosso país. É o parágrafo seguinte, o de número “20” tanto na tradução da NCWC [= National Catholic Welfare Council, embrião da C.N.B. dos E.U.A. (N. do T.)], quanto no texto latino que foi publicado... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑